Excertos


O menino terá perguntado: Porque os meus pais não vieram ao menos abraçar-me de novo? Os pais também se perguntavam: como conseguimos agir assim? Mas a resposta era óbvia: Se eles o abraçassem de novo, poderiam não mais ter a coragem de partir!
Excerto do livro: Esplendor no Horizonte

És diferente, não inferior
És mais frágil e delicada
Como um cristal de valor.
E é como frágil e bela flor
Que deverias ser tratada.

Ao homem nunca serás igual
Mulher, és sempre Mulher.
Na tua diferença natural,
Verá sempre um valor real.
Quem um bom senso tiver.

Sei que no passar das eras
Foste... Continuar a ler
Excerto do livro: Reflexões Rimadas II

Num sonho maravilhoso
Vi um mundo orgulhoso
Por ter posto fim á guerra
Á injustiça e á maldade
Á violência e desonestidade
Como era bom estar na terra!

Fui tão feliz uns momentos
Vendo que os sofrimentos
Já não existiam mais.
Acordando entristeci
Porque logo percebi
Que há motivos para ais.... Continuar a ler
Excerto do livro: Reflexões Rimadas II

Hoje tu, amanhã eu.
Precisaremos de alguém
De alguém que não esqueceu
Que altos e baixos, a vida tem.

Podemos hoje rir juntos,
E amanhã chorar sós, tristonhos.
Hoje, há interessantes assuntos.
Amanhã, frustração de sonhos?

Alegrias e tristezas a vida têm
Êxitos e fracassos, também.
E, contudo,... Continuar a ler
Excerto do livro: Reflexões Rimadas